Make your own free website on Tripod.com

BRASÕES

Algumas pessoas me escreveram perguntando sobre se nossa família tem algum Brasão, e/ou onde consegui-los. Bom, eu gostaria de expor algumas coisas aqui que a experiência me mostraram. Eu já tinha planos de escrever um pouco sobre isso faz um tempo, mas foi quando recebi um e-mail de um parente que mora na Alemanha que me deu o sinal que já era hora.

Esse parente é um pesquisador genealógico, e através dessas pesquisas ele conseguiu chegar até as proximidades do ano de 1600 (!), coisa que para nós no Brasil é muito difícil, e ficou surpreso ao ver um brasão no site dos primos RosAlen. Ele me escreveu suas conclusões depois dessas anos de pesquisa:

- "Se os Rosolens fossem parte da nobreza, não teriam emigrado para o Brasil, Austrália, etc, perto do ano 1900."

- "Nas minhas pesquisas (até perto de 1600) são quase todos trabalhadores braçais, camponeses... Isto é um símbolo de nobreza ?"

- "Porque nosso sobrenome não consta nos Arquivos de Estado Italianos ?"

Bom, aqui chegamos a um ponto importante: Conheço algumas empresas que oferecem brasões e "histórias dos nomes" em shoppings centers e outros locais de grande circulação...ora, até que ponto são confiáveis os resultados trazidos na hora por elas ? Não estariam mais interessadas só na venda, sem de fato se preocupar com qualquer pesquisa ? Podemos confiar na seriedade desses "brasões-instantâneos" ?

Existem alguns pesquisadores genealógicos que fazem um trabalho sério, e geralmente demorado, onde vão pesquisar a origem do sobrenome e se existe ou não um brasão.

Eu posso relatar um fato: tenho comigo um brasão dos Rosolen que foi comprado de um "Centro Italiano Ricerca Araldica" que tinha um posto avançado na Piazza Navona, em Roma. Será que eles seriam mais confiáveis do que os nossos "brasões-instantâneos" por estarem mais perto das fontes documentais?

Bom, ainda tenho minhas dúvidas, mas uma questão importante é: Porquê a necessidade de um Brasão ?

É lógico que seria interessante e prazeroso descobrir que realmente houve um título de nobreza, mas não seria melhor a certeza que os brasões de todas os que enfrentaram a epopéia da emigração sejam justamente as mãos calejadas de nossos Bisavôs, Avôs, Pais, que tanto suor e lágrimas derrubaram nessa terra ? Melhor brasão do que o caráter ? Da retidão e moral ?

Pensem nisso...

Em breve eu voltarei nesse assunto.

Saudações à todos.

Anderson -03/2002